Escoliose

ESOLIOSE.jpg

Está associada com o crescimento, por isso acomete principalmente crianças e adolescentes.

Desvio tridimensional e assimétrico da coluna vertebral resultante de um conjunto de forças inadequadas que atuam sobre a estrutura. A principal causa é a má postura (períodos longos frente ao computador, uso de celular, jogos de vídeo game, mochilas pesadas, bancos e cadeiras de escola inadequados) além do sedentarismo, obesidade, falta de lazer e de atividade física.

A maioria das pessoas tem dificuldade de mudar seus hábitos posturais (dormir, sentar, levantar peso da forma correta, evitar torções e estiramentos) para que a coluna não seja agredida. Se as crianças adotarem posturas impróprias em casa e na escola causam um desequilíbrio na musculatura, resultando em alterações posturais.

O inicio pode ser na infância e se agravar na adolescência com provável progressão na fase de estirão do crescimento. Por isso deve ser tratada precocemente.

Os métodos e recursos fisioterapêuticos mais utilizados para minimizar a escoliose são as pompagens, os exercícios (respiratórios, de percepção corporal e de alongamento), a Reeducação Postural Global, o treino da estabilização segmentar lombar e o Pilates.

Como os desequilíbrios estáticos se instalam lentamente e não desaparecem rapidamente. É importante orientar o paciente sobre exercícios diários e posicionamento correto em suas atividades diárias para a completa remissão do quadro.

            

escoliose 2.jpg
escoliose 4.jpg
DSC01660.jpg
DSC01667.jpg
DSC01670.jpg
DSC01671.jpg
DSC01677.jpg
DSC01679.jpg
DSC04925.jpg

   
Rua Paulino Camasmie, 61
Jardim Paulista – São Paulo SP
Telefones: 11 3889-3808 / 3885-3875
Av. Paulista, 2518 – cj 91
Consolação – São Paulo SP
Telefones: 11 3285-3741 / 5904-2811